counter create hit Elite da Tropa - Download Free eBook
Ads Banner
Hot Best Seller

Elite da Tropa

Availability: Ready to download

Máquinas de guerra. Eles foram treinados para ser a melhor tropa urbana do mundo, um grupo pequeno e fechado de policiais atuando com força máxima e devastadora. Elite da Tropa é o primeiro livro, no Brasil, a mostrar esse lado desconhecido do combate diário nas grandes cidades - o ponto de vista do policial. A partir de experiências reais, os autores criaram uma ficção vert Máquinas de guerra. Eles foram treinados para ser a melhor tropa urbana do mundo, um grupo pequeno e fechado de policiais atuando com força máxima e devastadora. Elite da Tropa é o primeiro livro, no Brasil, a mostrar esse lado desconhecido do combate diário nas grandes cidades - o ponto de vista do policial. A partir de experiências reais, os autores criaram uma ficção vertiginosa, que nos arrebata e surpreende, ao mostrar o cotidiano de homens adestrados para se transformarem em cães selvagens. Assinado por uma das maiores autoridades no Brasil em segurança, o antropólogo Luiz Eduardo Soares, e por dois policiais, André Batista e Rodrigo Pimentel, este livro revela subterrâneos explosivos de uma cidade partida.


Compare
Ads Banner

Máquinas de guerra. Eles foram treinados para ser a melhor tropa urbana do mundo, um grupo pequeno e fechado de policiais atuando com força máxima e devastadora. Elite da Tropa é o primeiro livro, no Brasil, a mostrar esse lado desconhecido do combate diário nas grandes cidades - o ponto de vista do policial. A partir de experiências reais, os autores criaram uma ficção vert Máquinas de guerra. Eles foram treinados para ser a melhor tropa urbana do mundo, um grupo pequeno e fechado de policiais atuando com força máxima e devastadora. Elite da Tropa é o primeiro livro, no Brasil, a mostrar esse lado desconhecido do combate diário nas grandes cidades - o ponto de vista do policial. A partir de experiências reais, os autores criaram uma ficção vertiginosa, que nos arrebata e surpreende, ao mostrar o cotidiano de homens adestrados para se transformarem em cães selvagens. Assinado por uma das maiores autoridades no Brasil em segurança, o antropólogo Luiz Eduardo Soares, e por dois policiais, André Batista e Rodrigo Pimentel, este livro revela subterrâneos explosivos de uma cidade partida.

30 review for Elite da Tropa

  1. 4 out of 5

    Steven Hildreth Jr.

    On the plus side, this book is a very informative look into the favela culture from the perspective of the police, and shows the Brazilian war on drugs to an audience that, internationally, may not be aware of what is going on, or only know of what they have seen in movies or video games. On the negative side, the title is misleading. The first 35% of the book actually revolves around BOPE; the remaining 65% details the military police and corruption in government. On top of all that, the second On the plus side, this book is a very informative look into the favela culture from the perspective of the police, and shows the Brazilian war on drugs to an audience that, internationally, may not be aware of what is going on, or only know of what they have seen in movies or video games. On the negative side, the title is misleading. The first 35% of the book actually revolves around BOPE; the remaining 65% details the military police and corruption in government. On top of all that, the second half of the novel is one gigantic chapter, which makes for difficult reading. This is a good reference for the situation in Rio, but don't expect an in-depth look into BOPE.

  2. 4 out of 5

    Juliana

    Então, assim que meu teclado parar de agir feito um retardado, eu vou escrever minha review deste livro.

  3. 4 out of 5

    Lauro Gama

    Faca na Caveira e Nada na carteira

  4. 5 out of 5

    Jeff T.

    Para mim, ler este livro foi uma maravilha, pois, o português é minha segunda língua e este livro foi só o terceiro livro escrita em português que tentei conquistar. Eu já tinha assistido os dois filmes da "Tropa de Elite" e me apaixonei com a cinematográfica brasileira. A história dos filmes e a maneira de apresentar capturaram a minha imaginação e encheram a minha mente com uma curiosidade da polícia carioca e do relacionamento com a política dos quais eu não tinha conhecimento antes. Um amigo Para mim, ler este livro foi uma maravilha, pois, o português é minha segunda língua e este livro foi só o terceiro livro escrita em português que tentei conquistar. Eu já tinha assistido os dois filmes da "Tropa de Elite" e me apaixonei com a cinematográfica brasileira. A história dos filmes e a maneira de apresentar capturaram a minha imaginação e encheram a minha mente com uma curiosidade da polícia carioca e do relacionamento com a política dos quais eu não tinha conhecimento antes. Um amigo brasileiro deu-me a versão publicada como presente. A história é separada em duas partes que nas quais os filmes parecem baseadas. A primeira parte ensina o leitor sobre a vida policial dos soldados do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) do Rio de Janeiro. Humaniza os policiais como seres humanos; não só máquinas de guerra treinados para matar. Os membros do BOPE se tornam irmãos de sangue durante o treinamento e matrícula para entrar no BOPE. E depois de receber seu comissão como oficial do BOPE levam duas vidas. Tem família, estudos, e amigos durante a dia, mas durante a noite entram na guerra para acabar com os negócios dos iníquos bandidos do tráfico de drogas, armas, e toda espécie de atividades criminosas. Com a corrupção da Polícia Civil e da Polícia Militar, só resta o BOPE para fazer a obra de destruição necessário para terminar e ganhar esta guerra pela segurança da cidade. A segunda parte do livro ensina o leitor que o BOPE faz uma parte pequena nesta guerra. A política, até o próprio governador, em conluio com a polícia de toda forma e com os líderes do tráfico existem numa dança complicada e perverso cheio de mentiras, assassinatos, e uma corrupção quase total. O leitor descobre que nem o BOPE poderia permanecer sem culpa é sem a marca do pecado neste mundo de desafios sem descrição.

  5. 4 out of 5

    Thiago

    Melhor na parte dos relatos curtos do que na narrativa mais longa. Mas foi interessante descobrir porque os traficantes fecharam o comércio no Rio de Janeiro há uns 5 anos. Ver a versão real, não a oficial, da polícia é outro ponto para o livro.

  6. 5 out of 5

    Ald

    como sempre, melhor que o filme!

  7. 5 out of 5

    Gilson Cavalcanti

    Ao ler fica claro que no filme ficaram as estórias cujo saldo é um pouco mais positivo para o BOPE. Uma das narrativas mais terríveis ficou de fora do filme.

  8. 4 out of 5

    Zare

    Very interesting book written by people that had very close links to Rio de Janeiro internal security apparatus. In a densely populated area where there is clear separation between poor and rich and where poor are for all means and purposes living in areas fully controlled and governed by gangs corruption is sure to flourish. It slowly makes its way from the favelas [used by gangs as their area of operation] to the rest of the city and city and state ministries. All of this causes even more mayhe Very interesting book written by people that had very close links to Rio de Janeiro internal security apparatus. In a densely populated area where there is clear separation between poor and rich and where poor are for all means and purposes living in areas fully controlled and governed by gangs corruption is sure to flourish. It slowly makes its way from the favelas [used by gangs as their area of operation] to the rest of the city and city and state ministries. All of this causes even more mayhem because internal security soon starts to act on its own using the already existing preconceptions and attitude toward the poor people (from pure racial to social base) so shootings become more and more indiscriminate and civilian casualties start to pile up. In the midst of all of this we have BOPE, highly militarized law enforcement troop that sees its adversaries as legit targets of war. They do not talk about taking down criminals but infiltrating, enveloping and utterly destroying the armed opposition. Trained in a very hard manner these troops are somewhere between monks and soldiers, highly dedicated to exterminating the crime but unfortunately due to this attitude not liked by civilian society [that, irony is, they try to protect through these brutal means]. At the moment they might be impervious to corruption but the question for how long. Book portrays very disturbing picture of internal security forces of Rio de Janeiro. This is semi-historical account, or better yet fiction written on basis of author's experiences so true names are definitely not to be found. Question then is does the book reflect current situation? Even if 20% is true it is very disturbing. In any case book shows what happens when military and para-military forces with very thorough aggressive training are pointed toward crime flourishing in civilian areas. This is sure recipe for disaster and huge civilian losses. In terms of policing the city it is obvious that Rio de Janeiro's internal security has quite a challenge before it but armed raids should not be the sole instruments of enforcing the law, there must be other social activities to make life of the organized crime difficult. In any case this is very complex problem that security professionals are working on and I hope the will find the way for a more balanced fight against the crime and corruption. Recommended to anyone interested in policing densely populated areas with wide and visible social differences.

  9. 5 out of 5

    Samuel

    A good book about urban warfare and waging a war on the second best armed criminals in the world. It's a fine look at the compromises and sacrifices one needs to make in a third world country that doesn't have the luxury of being able to stay within the law when fighting evil. You will get to sympathize with these Men In Black who are a lot more scary and ruthless than the Hollywood Alien hunting kind.

  10. 5 out of 5

    Igor Sampaio

    Sem papas na língua

  11. 4 out of 5

    natasha

    lembrete pra vocês pararem de romantizar policiais

  12. 4 out of 5

    Newton Nitro

    NITROLEITURAS | Elite da Tropa - Luiz Eduardo Soares | Ed. Objetiva, 315 pgs | Lido de 18.12.15 a 19.12.15 Um livro impressionante, mesmo depois de assistir o filme. Não é uma história tradicional, com atos, como o fantástico filme de José Padilha, mas é a narrativa baseada na vida de dois policiais que serviram no BOPE. O livro é uma coletânea de histórias e anedotas de suas vivências na guerra urbana da polícia versus o tráfico de drogas durante a década de 90. A narrativa é muito forte, os diá NITROLEITURAS | Elite da Tropa - Luiz Eduardo Soares | Ed. Objetiva, 315 pgs | Lido de 18.12.15 a 19.12.15 Um livro impressionante, mesmo depois de assistir o filme. Não é uma história tradicional, com atos, como o fantástico filme de José Padilha, mas é a narrativa baseada na vida de dois policiais que serviram no BOPE. O livro é uma coletânea de histórias e anedotas de suas vivências na guerra urbana da polícia versus o tráfico de drogas durante a década de 90. A narrativa é muito forte, os diálogos são bem realistas, e a temática é complexa. Achei que iria ter uma visão bem parcial do problema da violência policial, mas, mesmo com o ponto de vista bem fechado dos narradores, o tema é explorado profundamente, com as próprias descrições das ações ultraviolentas do Bope servindo como contraponto para as racionalizações e justificativas feitas pelos narradores. Como li Cidade de Deus a pouco tempo, acredito ser interessante para o leitor ler os dois livros, e ver os dois lados dessa tragédia social brasileira. Para escritores, é uma chance de ver a linguagem crua da violência urbana carioca. As cenas de ação são muito bem descritas também, de maneira naturalista e dentro do POV dos narradores. Recomendadíssimo o livro.

  13. 4 out of 5

    Gustavo Nascimento

    Ler o livro foi um excelente complemento ao filme e também me fez admirar ainda mais o trabalho do diretor José Padilha em adaptar este livro pegando alguns elementos apresentados nas curtas narrativas, ao invés de fazer uma simples transcrição do livro e conseguiu criar uma obra-prima do cinema brasileiro. A primeira parte do livro com curtas narrativas chamada "Diário de guerra" é nota dez, prende muito a atenção e eu li muito rápido. Já a segunda parte traz uma história longa que foca mais em Ler o livro foi um excelente complemento ao filme e também me fez admirar ainda mais o trabalho do diretor José Padilha em adaptar este livro pegando alguns elementos apresentados nas curtas narrativas, ao invés de fazer uma simples transcrição do livro e conseguiu criar uma obra-prima do cinema brasileiro. A primeira parte do livro com curtas narrativas chamada "Diário de guerra" é nota dez, prende muito a atenção e eu li muito rápido. Já a segunda parte traz uma história longa que foca mais em política e um grande esquema corrupção na polícia, o que foi abordado principalmente no segundo filme. Esta parte tem o problema de ser uma história arrastada que parece o tempo todo caminhar para um clímax que não acontece, dando a impressão de páginas faltando no livro. Só por isso o livro perdeu pontos na minha avaliação e torna se um dos raros casos em que o filme é melhor que o livro!

  14. 5 out of 5

    Floyd Webb

    Uncomfortable but necessary read to understand the nature of personalties who take on the duties of a law enforcement elite. When the policeman see himself as social garbage man instead of a tool of justice, peace and mediation society is in worse trouble. The futility if the war on drugs is clearly on display here in the favelas of Brazil.

  15. 4 out of 5

    Eduardo Rocha

    A nice book, A nice story. It is funny, even though you know this is a fiction novel, you start to reflect on the role of the police force. As a Brazilian, I feel sad that I'm not astonished or intrigued, that's the way it is. If you like to understand how the crimes organizes itself, this is a good read, even if you already watched the movie.

  16. 5 out of 5

    Thiago

    Sem dúvida, a primeira parte "diário de guerra" é muito mais interessante (talvez até melhor, em certo ponto de vista) do que a loooonga narrativa da segunda parte, a qual relata, relata e relata fatos, mas que eu não vejo chegar a nenhuma conclusão precisa, de modo que é muito vaga e enfadonha.

  17. 4 out of 5

    Anabel

    Es un libro interesante, con muchas voces que cuentan su versión de las cosas. Bastante crudo y un poco fuerte, pero no menos realista. Me quedo con muchas partes remarcadas. La segunda parte se me hizo un poco tediosa con tantos saltos, pero el final estuvo muy bueno con sus reflexiones.

  18. 5 out of 5

    Marcelo Andrade

    Excelente livro sobre uma guerra ainda oculta aos olhos de muitos. Já tive alguns amigos policiais, alguns ainda vivos, outros abandonaram e outros que ainda estão arriscando suas vidas. Mas esse livro abriu meus olhos pra algo ainda maior.

  19. 5 out of 5

    Rich Mccue

    Interesting topic, but the translation made the reading a bit choppy, and the final story had way too many characters in it (three pages listing the characters). An interesting read for the first 3/4 of the book in any case.

  20. 5 out of 5

    Alex Luna

    As histórias que serviram de base para o filme. Legal, mas não mais do que isso.

  21. 4 out of 5

    Michel Mendes

    A primeira parte é interessante, mas depois vira roteiro de cinema mal escrito, confuso...gostei não

  22. 4 out of 5

    Andréa

    Claro que eu já assisti os filmes várias vezes e o que eu gostei foi ver que são histórias curtas e que não foi apenas vivido por uma pessoa.

  23. 5 out of 5

    Ilana Ellis

    This was a great book! :)

  24. 4 out of 5

    Kasia Kopycińska

    beznadziejny tłumacz lub beznadziejny autor, najprawdopodobniej trzecia możliwość z tych, jakie oferuje alternatywa łączna.

  25. 4 out of 5

    Pallas

    The translation was so bad I gave it up, got the feeling they had used google translate at times. Guess I have to learn Portuguese

  26. 4 out of 5

    Cortney R

    I bought this for research purposes, until I realized it was semi-historical. Graphic but insightful to the life of Rio military police.

  27. 4 out of 5

    Anthony

    This book is boring and seems like it is taking forever to read. The upside, though, are the small action sequences that this book has. All in all this book is boring.

  28. 5 out of 5

    Raphael Miyake

  29. 5 out of 5

    Eduardo

  30. 4 out of 5

    Rodrigo Côrtes

Add a review

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading...
We use cookies to give you the best online experience. By using our website you agree to our use of cookies in accordance with our cookie policy.