counter create hit Ex-Alunos Do Colegio Militar (Portugal): Antonio Sergio, Manuel Joaquim Pinheiro Chagas, Joaquim Augusto Mouzinho de Albuquerque - Download Free eBook
Hot Best Seller

Ex-Alunos Do Colegio Militar (Portugal): Antonio Sergio, Manuel Joaquim Pinheiro Chagas, Joaquim Augusto Mouzinho de Albuquerque

Availability: Ready to download

Fonte: Wikipedia. Paginas: 27. Capitulos: Antonio Sergio, Manuel Joaquim Pinheiro Chagas, Joaquim Augusto Mouzinho de Albuquerque, Francisco Craveiro Lopes, Julio Dantas, Eduardo Augusto Rodrigues Galhardo, Antonio de Spinola, Humberto Delgado, Eduardo Lourenco, Francisco Adolfo de Varnhagen, Antonio Oscar de Fragoso Carmona, Alexandre de Serpa Pinto, Angelo de Lima, Julio Fonte: Wikipedia. Paginas: 27. Capitulos: Antonio Sergio, Manuel Joaquim Pinheiro Chagas, Joaquim Augusto Mouzinho de Albuquerque, Francisco Craveiro Lopes, Julio Dantas, Eduardo Augusto Rodrigues Galhardo, Antonio de Spinola, Humberto Delgado, Eduardo Lourenco, Francisco Adolfo de Varnhagen, Antonio Oscar de Fragoso Carmona, Alexandre de Serpa Pinto, Angelo de Lima, Julio Carlos Alves Dias Botelho Moniz, Salvador Barata Feyo, Alfredo de Sa Cardoso, Manuel de Oliveira Gomes da Costa, Artur Semedo, Luis Esparteiro, Diogo Paim de Bruges. Excerto: Antonio Sergio de Sousa (Damao, 3 de setembro de 1883 - Lisboa, 24 de Janeiro de 1969) foi um importante intelectual e pensador portugues. Nascido na India Portuguesa, foi influenciado pelo contacto com varias culturas. Viveu alguns anos em Africa, tornando-se uma personagem cosmopolita pois, seguindo uma tradicao familiar, estudou no Colegio Militar, completando o curso da Marinha de Guerra, na sequencia do que viaja a Cabo Verde e Macau. Abandonou a Marinha com a implantacao da Republica em 1910. Em 1912 concorreu para assistente para a seccao de Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, num concurso a que tambem se apresentou Leonardo Coimbra e Matos Romao, que haveria de ser nomeado. Sergio nao considerava a questao republica/monarquia importante. Importante seria o progresso economico e moral de Portugal. Fala do "Socialismo," embora esta sua ideia nao seja, nem de longe, aparentada com o socialismo marxista. Sergio estaria situado numa linha politica social-democrata, admirando a Inglaterra, um posicionamento semelhante ao que seria adoptado pelos paises da Escandinavia. A sua accao foi marcadamente voltada para a problematica da Educacao. O seculo XIX portugues fora caracterizado por reformas que raramente passaram dos textos legislativos ou declaracoes de intencoes. "O desenvolvimento do capitalismo portugues, na sua unidade fundamental e na diversidade das suas orientacoes, nao determinou entre ...


Compare

Fonte: Wikipedia. Paginas: 27. Capitulos: Antonio Sergio, Manuel Joaquim Pinheiro Chagas, Joaquim Augusto Mouzinho de Albuquerque, Francisco Craveiro Lopes, Julio Dantas, Eduardo Augusto Rodrigues Galhardo, Antonio de Spinola, Humberto Delgado, Eduardo Lourenco, Francisco Adolfo de Varnhagen, Antonio Oscar de Fragoso Carmona, Alexandre de Serpa Pinto, Angelo de Lima, Julio Fonte: Wikipedia. Paginas: 27. Capitulos: Antonio Sergio, Manuel Joaquim Pinheiro Chagas, Joaquim Augusto Mouzinho de Albuquerque, Francisco Craveiro Lopes, Julio Dantas, Eduardo Augusto Rodrigues Galhardo, Antonio de Spinola, Humberto Delgado, Eduardo Lourenco, Francisco Adolfo de Varnhagen, Antonio Oscar de Fragoso Carmona, Alexandre de Serpa Pinto, Angelo de Lima, Julio Carlos Alves Dias Botelho Moniz, Salvador Barata Feyo, Alfredo de Sa Cardoso, Manuel de Oliveira Gomes da Costa, Artur Semedo, Luis Esparteiro, Diogo Paim de Bruges. Excerto: Antonio Sergio de Sousa (Damao, 3 de setembro de 1883 - Lisboa, 24 de Janeiro de 1969) foi um importante intelectual e pensador portugues. Nascido na India Portuguesa, foi influenciado pelo contacto com varias culturas. Viveu alguns anos em Africa, tornando-se uma personagem cosmopolita pois, seguindo uma tradicao familiar, estudou no Colegio Militar, completando o curso da Marinha de Guerra, na sequencia do que viaja a Cabo Verde e Macau. Abandonou a Marinha com a implantacao da Republica em 1910. Em 1912 concorreu para assistente para a seccao de Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, num concurso a que tambem se apresentou Leonardo Coimbra e Matos Romao, que haveria de ser nomeado. Sergio nao considerava a questao republica/monarquia importante. Importante seria o progresso economico e moral de Portugal. Fala do "Socialismo," embora esta sua ideia nao seja, nem de longe, aparentada com o socialismo marxista. Sergio estaria situado numa linha politica social-democrata, admirando a Inglaterra, um posicionamento semelhante ao que seria adoptado pelos paises da Escandinavia. A sua accao foi marcadamente voltada para a problematica da Educacao. O seculo XIX portugues fora caracterizado por reformas que raramente passaram dos textos legislativos ou declaracoes de intencoes. "O desenvolvimento do capitalismo portugues, na sua unidade fundamental e na diversidade das suas orientacoes, nao determinou entre ...

0 review for Ex-Alunos Do Colegio Militar (Portugal): Antonio Sergio, Manuel Joaquim Pinheiro Chagas, Joaquim Augusto Mouzinho de Albuquerque

Add a review

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading...
We use cookies to give you the best online experience. By using our website you agree to our use of cookies in accordance with our cookie policy.