counter create hit Carta aos Militantes Comunistas Espanhóis - sonho e mentira do eurocomunismo - Download Free eBook
Ads Banner
Hot Best Seller

Carta aos Militantes Comunistas Espanhóis - sonho e mentira do eurocomunismo

Availability: Ready to download

Paris, 2 de Janeiro de 1978 Caros amigos: É com muita emoção que vos escrevo esta carta, a vós militantes de base, a vós que permanecesteis nas células anonimamente, sem procurar qualquer espécie de promoção, a vós que ignorasteis a avançada e os seus compromissos; a vós comunistas espanhóis que tanto padecesteis a repressão franquista e que, sem outra esperança nem outra recom Paris, 2 de Janeiro de 1978 Caros amigos: É com muita emoção que vos escrevo esta carta, a vós militantes de base, a vós que permanecesteis nas células anonimamente, sem procurar qualquer espécie de promoção, a vós que ignorasteis a avançada e os seus compromissos; a vós comunistas espanhóis que tanto padecesteis a repressão franquista e que, sem outra esperança nem outra recompensa além da de construir uma sociedade mais justa, lutasteis e sofresteis sem que nenhum livro, nem prémio, nem ovação, nem medalha, nem coroa de louros, nem arco do triunfo, assinale o vosso desafio. Sim, caros amigos comunistas espanhóis, escrevo-vos para dizer que o partido a que pertenceis, o partido comunista espanhol, é, na minha opinião, o partido que, sem ter tomado o poder, cometeu o maior número de crimes da história.


Compare
Ads Banner

Paris, 2 de Janeiro de 1978 Caros amigos: É com muita emoção que vos escrevo esta carta, a vós militantes de base, a vós que permanecesteis nas células anonimamente, sem procurar qualquer espécie de promoção, a vós que ignorasteis a avançada e os seus compromissos; a vós comunistas espanhóis que tanto padecesteis a repressão franquista e que, sem outra esperança nem outra recom Paris, 2 de Janeiro de 1978 Caros amigos: É com muita emoção que vos escrevo esta carta, a vós militantes de base, a vós que permanecesteis nas células anonimamente, sem procurar qualquer espécie de promoção, a vós que ignorasteis a avançada e os seus compromissos; a vós comunistas espanhóis que tanto padecesteis a repressão franquista e que, sem outra esperança nem outra recompensa além da de construir uma sociedade mais justa, lutasteis e sofresteis sem que nenhum livro, nem prémio, nem ovação, nem medalha, nem coroa de louros, nem arco do triunfo, assinale o vosso desafio. Sim, caros amigos comunistas espanhóis, escrevo-vos para dizer que o partido a que pertenceis, o partido comunista espanhol, é, na minha opinião, o partido que, sem ter tomado o poder, cometeu o maior número de crimes da história.

6 review for Carta aos Militantes Comunistas Espanhóis - sonho e mentira do eurocomunismo

  1. 4 out of 5

    Sharkkattackk_Books

  2. 5 out of 5

    Dagerman

  3. 5 out of 5

    Alexandra

  4. 4 out of 5

    Pedro Réquio

  5. 5 out of 5

    BookDB

  6. 5 out of 5

    Hans Schoolenberg

Add a review

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading...
We use cookies to give you the best online experience. By using our website you agree to our use of cookies in accordance with our cookie policy.